Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Reflexões

Aqui sentada pensando nas minhas provas finais, acabei por fim, pensando em você. É surpreendente que a cada dia mais, você toma os meus pensamentos, com tão pouca conversa que temos. É frequente eu sentir saudades de rir das nossas conversas, da sua esquisitice, do seu jeitinho. É, eu sei, é realmente estranho. Hoje li um texto que um antigo professor escreveu e fiquei assim, meio sem jeito, meio sei lá, pensando que o que ele escreveu um dia poderá ser para nós dois, afinal, nunca sabemos o dia de amanhã, é por isso que a sagitariana dentro de mim, sempre quer aproveitar o hoje e esquecer as consequências. Com você foi do mesmo jeito.  Só pensando nesse dia importante para os enamorados, fico aqui, imaginando se um dia poderemos ser chamado de nós, se algum dia vamos comemorar essa data juntos, mas relaxa, querido. Eu gosto muito de imaginar tudo e acabo esquecendo de deixar fluir, então não se espante com meu jeitinho, eu sou assim.  Gostaria de deixar claro aqui que nossa relação é a…

Quero viajar.

Quero viajar. Pegar minha mochila e sair explorando esse mundo. Sabe quando essa sensação bate? Você só quer sair para conhecer outros lugares, outras paisagens, outros rostos, outras risadas? Outras sensações? Quero isso nesse momento para mim. Não quero ter que pensar em acordar cedo para ir trabalhar e depois resolver os problemas da faculdade, quero só deitar a cabeça sobre algo macio e aproveitar o que está ao meu redor. Ter a sensação de felicidade ao encontrar algo novo, descobrir um local onde antes ninguém nunca viu. Quero isso para mim. A vida vai passando e quando menos percebemos, não aproveitamos nenhum terço do que ela nos ofereceu. Sou sagitariana e o que mais meu espírito libertador quer neste momento é isso: liberdade. Liberdade para sair e aproveitar o que está ao meu redor. Aproveitar o verde, o Sol, as nuvens, o frio, o vento. Aproveitar. Tudo. Agora com essa necessidade correndo em minhas veias, vou aproveitar cada instante que a vida disser: "Vai lá menina, apro…

Adeus...

Parada aqui na fila do Banco, a nossa história passou de um flash na memória e parei para pensar... Que história? Foi tudo tão rápido o que se passou entre nós e tudo tão superficial que me pergunto se realmente aconteceu algo. Pode ser de que uma parte tenha sido... Aqui desse lado da tela foi real, intenso, mas e daí? Será que daí também foi real? Você sentiu seu estômago cheio de borboletas voando? As mãos suadas e aquele friozinho gostoso na barriga? Se você sentiu tudo isso, então foi real para você também... Mas eu só queria sinais... Sinais de que foi tão real para você quanto para mim... Pois estou a um passo de desistir, então... Então vou ficar aqui, esperando.... e vivendo a minha vida... Caso você apareça, estarei aqui... Ou não... A vida tem dessas de nos pregar peças e quando menos esperamos, aparece alguém inesperado e surpreendente que ocupe o lugar de quem não quis... Vou continuar aqui, se o coração estiver disponível, então daremos certo... Vamos sair para tomar uma ce…

Não foi daquela vez.. e não será dessa.

E mais uma vez me pego pensando em nós dois, no que nós dois poderíamos ter sido se nenhum tivesse brincado com o coração do outro. Se tivéssemos assumido nossos compromissos e sentimentos, talvez teríamos dado certo.. hum.. será?  Hoje te vi na rua e percebi o quanto está mudado e eu também. Não sinto mais aquelas borboletas no estômago, que sentia toda vez que te via e minhas mãos também não ficam mais suadas... Não sinto nada, absolutamente nada.. Quando ouvia a famosa frase: "O contrário do amor não é ódio e sim indiferença", eu nunca conseguia entender. Como você não ia sentir ódio de uma pessoa que sempre pisou na bola com você, sempre soube dos seus sentimentos e mesmo assim massacrou seu coração? Eu não entendia. Hoje entendo. Entendo por que não sinto mais borboletas, pernas trêmulas e mãos suando. Foram as suas mancadas, facadas e desprezos que fizeram isso. Confesso que no começo, eu sentia muita raiva de você. Só de pensar no seu nome, já me vinha o famoso xingamen…

Uma noite

Às vezes não esperamos nada de uma noite.... você está lá, só querendo ir embora e pensando: "Que merda de prova foi aquela?".. aí vem as circunstâncias da vida (destino, talvez?) e coloca as pessoas certas no seu caminho para dar risada e descontrair. Tirar todo o estresse do seu corpo.
Bom, você não precisa de mais nada, é só deixar a banda fluir e deixar nas mãos do destino que ele cuida de tudo... ele está te guiando nesse o caminho... e francamente, quando você chega em casa e lembra das risadas, tem como não gostar de reviver tudo aquilo? Por mais que tenha sido só uma noite?
Nós pensamos tanto que temos muito a fazer... faculdade, Prova, trabalho que acabamos esquecendo de viver e aí quando um evento inesperado acontece, ficamos impressionados.. e pensamos: "Uou, como não percebi isso antes?"
Esquecemos tanto de viver e aproveitar a vida, que o tempo vai passando e vai chegar um momento em que você vai perceber que nãO fez metade do que gostaria...
O meu le…

Gratidão

Quando pesquisamos a palavra gratidão, temos o seguinte resultado: substantivo feminino 1. qualidade de quem é grato. 2. reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou um benefício, um auxílio, um favor etc.; agradecimento.
E até que ponto sabemos o real significado dessa palavra? Será que lá no íntimo dos nossos corações, sabemos isso? Eu sei que parece bobo, mas parei para refletir sobre essa palavra essa semana. Ao que somos gratos? Será que realmente somos gratos à alguma coisa? Eu penso que sim (e na verdade, torço). Sou grata à Deus pela minha vida, grata a minha família, que nesse primeiro semestre teve que se tornar mais unida que nunca, e ao longo da minha lista, algumas outras pessoas aparecem em posições diferentes, mas estão ali. Ao longo desse ano, algumas mudaram de posição e hoje fui ver essa lista (internamente), e caramba, como muda não é? Sou grata aos amigos que permaneceram na minha vida e aos que foram, com o passar do tempo, deixados para trás. Sério, sou grata …

Distância de alma

Eu queria você aqui.. me abraçando e me fazendo sorrir. Gostaria também que tudo desse certo para nós dois, que esse nosso jeito de ser, continuasse por anos... Que nossas conversas nunca terminassem.. Você sente a ligação com a pessoa, mas o mundo não te ajuda, com tantos problemas... Mundo, desacelera.. Gosto do seu sorriso, do seu jeito de ser verdadeiro e está ligando o foda-se para o que pensam... Gosto de imaginar o som da sua risada em meu ouvido e também de pensar que você pensa sacanagem quando estamos conversando... Que você fica com um sorriso bobo toda vez que recebe uma mensagem minha, como como eu fico.
Infelizmente, crio expectativas demais em pessoas que não são presentes na minha vida.. e torço tanto para que você não seja uma pessoa assim.. Ih, está vendo? Já criei essa tal expectativa sobre você... e será que é certo? Será que dará certo? Eu só gostaria que você desse sinais de que sim, de que vai para frente.. De que quando você sentir saudades de conversar comigo, …